Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Iris lyrics

Mal Dizer

Original and similar lyrics
Grande terra é a minha Que não consigo ver Está no alto do céu Vendo o que eu não vejo Uma aurora nascendo Num mundo semi-deus Vivos e mortos veêm Aquilo que eu não vejo Nesta sociedade Em que todos vivemos Seremos nós Aquilo que vemos? Temos os pássaros E temos as flores Um mundo a sorrir Num sonho de amor Vejam as mulheres Que vêm pra rua pra gente ver O que elas não são Nem chegarão a ser E vejam os homens Que vão pro mar de madrugada E a mulher em casa Sem fazer nada E as pobres crianças Descalças correndo plo chão a arder Sem nada terem Para comer E vejam ainda AQUELA SENHORA DE CASACO DE PELES Que passa no carro Sem olhar pra eles

O Meu Mundo Ficaria Completo (Com Voc)

Cassia Eller
Não é porque eu sujei a roupa bem agora que eu já estava saindo Nem mesmo por que eu peguei o maior trânsito e acabei perdendo o cinema Não é por que não acho o papel onde anotei o telefone que estou precisando Nem mesmo o dedo que eu cortei abrindo a lata e ainda continua sangrando Não é por que fui mal na prova de geometria e periga d'eu repetir de ano Nem mesmo o meu carro que parou de madrugada só por falta de gasolina Não é por que tá muito frio, não é por que tá muito calor O problema é que eu te amo Não tenho dúvidas que com você daria certo Juntos faríamos tantos planos Com você o meu mundo ficaria completo Eu vejo nossos filhos brincando E depois cresceriam, e nos dariam os netos A fome que devora alguns milhões de brasileiros Perto disso já nem tem importância A morte que nos toma a mãe insubstituível de repente Dela eu já nem me lembro A derrota de 50 e a campanha de 70 perdem totalmente o seu sentido, As datas, fatos e aniversários passam Sem deixar o menor vestígio Injúrias e promessas e mentiras e ofensas caem fora Pelo outro ouvido Roubaram a carteira com meus documentos Aborrecimentos que eu já nem ligo Não é por que eu quis e eu não fiz Não é por que não fui E eu não vou O problema é que eu te amo Não tenho dúvidas que eu queria estar mais perto Juntos viveríamos por mil anos Por que o nosso mundo estaria completo Eu vejo nossos filhos brincando Com seus filhos que depois nos trariam bisnetos Não é por que eu sei que ela não virá que eu não veja a porta já se abrindo E que eu não queira tê- la, mesmo que não tenha a mínima lógica esse raciocínio Não é que eu esteja procurando no infinito a sorte Para andar comigo Se a fé remove até montanhas, o desejo é o que torna o irreal possível Não é por isso que eu não possa estar feliz, sorrindo e cantando Não é por isso que ela não possa estar feliz, sorrindo e cantando Não vou dizer que eu não ligo, eu digo o que eu sinto e o que eu sou O problema é que eu te amo Não tenha dúvidas, pois isso não é mais secreto Juntos morreríamos, pois nos amamos E de nós o mundo ficaria deserto Eu vejo nossos filhos lembrando Com os seus filhos que já teriam seus netos

O Mundo Anda T Complicado

LEGIAO URBANA
Gosto de ver você dormir Que nem criança com a boca aberta O telefone chega sexta-feira Aperta o passo por causa da garoa Me empresta um par de meias A gente chega na sessão das dez Hoje eu acordo ao meio-dia Amanhã é sua vez Vem cá meu bem, que é bom lhe ver O mundo anda tão complicado Que hoje eu quero fazer tudo por você Temos que consertar o despertador E separar todas as ferramentas A mudança grande chegou Com o fogão e a geladeira e a televisão Não precisamos dormir no chão Até que é bom, mas a cama chegou na sexta E na quinta chegou o som Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo E até que é fácil acostumar-se com meu jeito Agora que temos nossa casa É a chave que sempre esqueço Vamos chamar nossos amigos A gente faz uma feijoada Esquece um pouco do trabalho E fica de bate-papo Temos a semana inteira pela frente Você me conta como foi seu dia E a gente diz um pro outro: - Estou com sono, vamos dormir! Vem cá meu bem, que é bom lhe ver O mundo anda tão complicado Que hoje eu quero fazer tudo por você Quero ouvir uma canção de amor Que fale da minha situação De quem deixou a segurança do seu mundo Por amor Por amor

No Lado Do Farol

Caco "Caco"
No Lado Do Farol Fui te procurar Na esquina onde te conheci Pra te perguntar 'Ficou feliz por estar no mar?' Não ouvi nada da tua resolução Não ficou nada claro - presta bem atenção Lá fora tem o sol no lado do farol Tá todo mundo caindo no mar Não quero nem saber se você não entender Minha amiga, eu vou mergulhar Vou correndo abraçar A alegria que tá no ar E depois de achar Todo mundo bebendo num bar Eu não vou me entregar, nem naufragar

Gritenme Piedras Del Campo

Linda Rondstadt "Mas Canciones"
Soy como el viento que corre Alrededor de este mundo Ando entre muchos placeres Pero no es suyo ninguno Soy como el pájaro en jaula Preso y hundido en tu amor Aunque la jaula sea de oro No deja de ser prisión Hablà n me montes y valles Grità nme piedras del campo Cuando habían visto en la vida Querer como estoy queriendo Llorar como estoy llorando Morir como estoy muriendo A veces me siento un sol Y el mundo me importa nada Luego despierto y me rio Soy mucho menos que nada En fin soy en à ste mundo Como la pluma en el aire Sin rumbo voy por la vida Y de eso tu eres culpable Scream To Me Stones in the Field I am like the wind That runs all around this world Surrounded by pleasure But it is never mine I am like a bird A prisoner sunk in your love Even though the cage is golden It doesn't keep it from being a prison Talk to me mountains and valleys Scream to me stones in the field When have you ever seen anyone Love like I am loving Cry like I am crying Die like I am dying Sometimes I feel I'm the sun The world is not important to me Later I wake up and laugh I am more or less nothing In the end I'm in this world like a feather in the air Going through life with no direction And it's all your fault

Yira...Yira

JULIO IGLESIAS "Tango"
Cuando la suerte qu'es grela Fayando y fayando Te largue parao... Cuando estés bien en la vía, Sin rumbo, desesperao... Cuando no tengas ni fe, Ni yerba de ayer Secándose al sol... Cuando rajés los tamangos Buscando este mango Que te haga morfar... La indiferencia del mundo Que es sordo y es mudo Recién sentirás. Verás que todo es mentira Verás que nada es amor Que al mundo nada le importa Yira... Yira... Aunque te quiebre la vida, Aunque te muerda un dolor, No esperes nunca una ayuda, Ni una mano, ni un favor. Cuando estén secas las pilas De todos los timbres Que vos apretás, Buscando un pecho fraterno Para morir abrazao... Cuando te dejen tirao, Después de cinchar, Lo mismo que a mí... Cuando manyés que a tu lado Se prueban la ropa Que vas a dejar... Te acordarás de este otario Que un día, cansado, Se puso a ladrar.

Was it funny? Share it with friends!