Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Gilberto Gil lyrics - Acoustic

Aquele Abraco

Original and similar lyrics
AQUELE ABRAÇO Gilberto Gil 1969 O Rio de Janeiro continua lindo O Rio de Janeiro continua sendo O Rio de Janeiro, fevereiro e março Alô, alô, Realengo - aquele abraço! Alô, torcida do Flamengo - aquele abraço! Chacrinha continua balançando a pança E buzinando a moça e comandando a massa E continua dando as ordens no terreiro Alô, alô, seu Chacrinha - velho guerreiro Alô, alô, Terezinha, Rio de Janeiro Alô, alô, seu Chacrinha - velho palhaço Alô, alô, Terezinha - aquele abraço! Alô, moça da favela - aquele abraço! Todo mundo da Portela - aquele abraço! Todo mês de fevereiro - aquele passo! Alô, Banda de Ipanema - aquele abraço! Meu caminho pelo mundo eu mesmo traço A Bahia já me deu régua e compasso Quem sabe de mim sou eu - aquele abraço! Pra você que meu esqueceu - aquele abraço! Alô, Rio de Janeiro - aquele abraço! Todo o povo brasileiro - aquele abraço!

Eva En Las Frutas

Delgadillo Fernando
Temporada de mangos, Llega la primavera, Todo apunta a las tardes Que marzo sabe mentir. Y las horas no son largas, Y tampoco me liberan, Con sus sueños de manzana que se deja conseguir. Hay aromas de convivió Y sorpresa en las frutas, En el animo del viento Por el que ha visto partir Las rojas hojas de invierno Que trajeron uvas agridulces del pasado Y las del porvenir. Hay camino a todos lados, Se abandonan las dudas Y lo sigues hasta donde quieres llegar con él cosechando con paciencia en la captura y la aventura, los sabores de la vida, con su dulce y con su hiel. Se escasearon las peras Y aparecen las sandias. Hoy te viene recordando Alguna voz, fuente de ayer. Tengo un sueño de naranjas Y, en las horas tardías, Sufro ausencia de duraznos Que yo no se han vuelto a ver. Y aquí es donde ha entrado el mango Con su dulce de amarillos, Con sus hebras de la vida No abandones mi sabor. Y el quizás de otro febrero, Me entretiene mi sin destino, Endulzando el jugo de uva Y el refresco de limón. En la mesa hay un platón Que abunda en frutas positivas, Que el cuchillo del olvido Abre en los cuadros del mantel. Luego me ha vuelto su cómplice La atónita sonrisa, Con que me convida el mango, Y yo, me dejo convencer, De que ya todo está en orden, Que se van juntando días, Que mi mundo mandarina Se ha empezado a componer. Otro mango, y otro día, De esa tarde que te marches, Que las sombras fugitivas Se escabullen a la par. De los cítricos sabores De Manila y de las manchas Que me dejaron tu ausencia Y este regazo invernal. En el comienzo de tantas mañanas, Por las mañanas que ya no serán Temporada de mangos, Viene la primavera. Todo apunta a las tardes Que marzo sabe esconder. Y una cascara en mi plato Que ahora ya no guarda nuevas, Viene sugiriendo un cuadro Que al saberle sin pared, Le hallo conclusiones propias, Le imagino... mariposa, Amarilla mariposa Que huye a las tardes de ayer.

As?son Mis D

Control Machete "Mucho Barato"
Como el humo voy, y como el humo vengo, salgo de la noche, marco el pavimento, y es que sin razón viajo en el tiempo, pienso y planeo lo que vengo haciendo. Marca en el día, busco la salida, toma lo que quieras, más no la que es mía, todo es parte, la brosa, familia, aunque no comprendas así son mís días. Así son mis días, y es que así son mis días. Me la paso armando toda mi vida, cortando y pegando y si no a la deriva, de roll con la raza, paseame Carranza, da vueltas la cuadra, hey! ¿Quà es lo que pasa? sabor... siempre ando con son, en todo el día no hay ni un bajón. Siempre al tiro, arribo, a tiempo admiro, todo el panorama que hay en un giro. Por que así son mís días, complejo, María, agarro el vuelo como si fuera mía, la mira está puesta sobre la mesa, la tarde se presta pa´andar con la mera artillera, y responde con una mentira pa´salir del momento y encontrar la salida. Completo termino, con cierta paciencia, así son mis días cuando piso la tierra. Así son mis días, y es que así son mis días. Como todo doy, mucho es lo que tengo: homies, carnales, todos son mis maestros, y es que nunca soy lo que prefirieron, soy lo que soy, no lo eligieron. Pasa la vida, la sigo sin prisa, simplemente observo lo que requería, pasa mi vida, y no es tan vacía, siento... que más necesitaría. Fuà tan bueno hoy como despuàs lo presiento, fiesta con homes, barrio sin lamento, esto no es bajón, es hasta el firmamento, golpes y golpes y nunca reviento. Sombra de día, duro hasta arriba, ando tranquilo, no hay melancolía, mientras haya cuerdas, saco la espina, sigo con la banda gastando la esquina. Así son mis días, y es que así son mis días.

Lassio

Chancho En Piedra
Amigos míos, me han concedido el honor de contarles esta narración del bisnieto de una estrella exitosa esa perra de la tele famosa Recibamos con un gran aplauso la historia del perrito lassio él es un perrito muy querendón y a su vez también es un poco collie's son Lassio es un perrito muy guapetón las perritas se derriten por verlo en acción él presumía y se creía el mejor y fue castigado por ser fanfarrón Un día conoció una perra modelo para su suerte ella andaba en celo pero por mucho que estaba exitado no logró quedar bien parado Pobre campeón, Lassio perdío su honor su reputación, por el suelo se quedó Aconcretar no alcanzó por culpa de su maldición Él hizo de todo para solucionar los crueles síntomas de su enfermedad Trató con calmantes, pastillas adelgazantes nuevos tratamientos y con medicamentos Probó con magia buena, trató con magia negra masaje japonés y con pulsera del poder, visitó especialistas, fue a un espiritista, hizo una manda, peregrinó a tierra santa Ni la ciencia ni la fé ni la homeopatía lo ayudaron con su anomalía. No le quedó otra que la resignación de aceptar5 su lasia condición Hasta que un día una perrita lo vió, se acercó y sus partes nobles olió Mágicamente, Lassio se fortalecío San se acabó su cruel maldición él no cabía de tanta alegría ella no entendia pero, gracia le hacía Al fin y al cabo, Lassio se cruzó y por fin con ella se pegó!! Ya levantó su honor, su reputación radicalmente cambió Al acabar descubrió que todo mal tiene solución El perro Lassio, aprendió de paso... que lo dulce se aprecia con lo amargo Al acabar descubrió que todo mal tiene solución...

Amo-te

Da Weasel
(Refrão:) Música, eu nasci p'rá musica, para te ver sorrir e a sonhar. E se escutares com atenção tens o bater do teu coração, na minha música. Dedico este som a alguém que conheci, a alguém que a partir desse dia nunca mais esqueci Saliva eu perdi, dinheiro eu gastei, mas nunca, nunca me importei porque sei que sempre te amarei e quatro anos em plena loucura luta dura contra tudo e todos filmes eu passava para te ver sorrir e a sonhar, que doce esse teu olhar. Força, nunca desistas, há muito que caminhar, a vida é longa e o tempo nunca vai parar, se alguém um dia te disser que te esqueci, chora pois nesse dia eu morri. Lágrimas chorei na boca incandescida afrodisíacos eu lancei, no ponto eu toquei, a ti te conquistei, pela melhor fase da minha vida eu passei. Erros cometidos, sem serem resolvidos eram esquecidos, culpa minha, andava cego, não via que eras a rainha de todo o meu reino e sem saber porquê perdi todo o paleio. Receio nunca mais te ter, creio que todo o sentimento de revolta em mim vai atingir. Ouve com atenção, se ele nasceu p'rá música, então eu nasci p'ra ti, só p'ra ti. Musa inspiradora de todos os meus prazeres. Dona e senhora a ti te deixo esta canção, que nada é mais que a libertação de um sentimento, p'ra todos os que sabem o que é este sufoco, o que é viver com pouco e é o que sinto, e é por ti (e é por ti) (Refrão) Da roseira nasce a rosa, da lua nasce o luar da mulher nasce o homem e eu nasci para te amar Há quem diga que nada merece as nossas lágrimas. Seres falsos queimam em câmaras magmáticas. Corrida contra o tempo da porta da loucura e eu fui à procura de alguma amargura, foi encontrada, encantado com o pózinho mágico de uma fada foi lançado. Eu fui levado e abençoado nas mãos de alguém que me fez homem acarinhado como mãe p'ra filho, Era, sem estrilho caminhava pelas ruas desse mundo, contigo, num segundo era uma eternidade, juntos caminhávamos para o bem desta irmandade tudo era claro, nada mais havia a acrescentar, aos poucos tudo se veio a degradar, não quero nem pensar, mil desculpas por o que te fiz passar. Processo original de arrependimento, passo concluído, grito produzido, com peso e medida, acheguia que me controla, ciclo vicioso que gira como uma bola, sistema harmonioso que desenrola a vida. contigo quero passar o passado, contigo e só contigo quero rasgar. P'ra quê matutar no que passou, o que interessa é o que se vai passar e à p'ra quê lembrar. Noites a agarrar em ti p'ra não fugires, junto a ti, controlado para te rires. Se algum dia quiseres e saíres daquela porta, todo o meu reino vai caír, toda a corte se vai rir, todo o meu ser será eliminado, cuidado! Algum dia o amor vai ser perfeito p'ra essa doença receito ritmo e poesia. Mas nada feito a preceito, há algo imperfeito com dignidade. Pelos caminhos da verdade escrevo o que vejo e não o que invejo que sempre fui bem verdadeiro, assim me despeço. Querendo ser o teu parceiro, e p'ra sempre. (Refrão)

Festa Da M Tupiniquim

Gabriel O Pensador
Há muito tempo tá rolando essa festa maneira Da música popular brasileira Ninguém me convidou mas eu queria entrar Peguei o 175 e vim directo pra cá Prá... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na portaria o segurança pediu o crachá do Gilberto Gil Ele apenas sorriu Acompanhado por Caetano, Djavan, Pepeu, Elba, Moraes, Alceu Valência ('xá comigo! Dá licença! Abre essa porta, cabra da peste) E foi assim que eu penetrei com a galera do Nordeste Baby tá na área, senti firmeza! E aí Sandra de Sá! Bye bye tristeza... Birinight à vontade a noite inteira Olha o Ed Motta assaltando a geladeira Olha quanta gata bonita e gostosa! Olha o Tiririca com uma negra cheirosa Ué! Cadê os críticos?! Ninguém convidou? Barrados do Baile uouou Não é festa do cabide mas o Ney tirou a roupa Bzzz... Paulinho Moska pousou na minha sopa Cidade Negra apresentou um reggae nota cem Tá rolando um Skank também! E o Tim Maia até agora nem pintou Mas o Jorge Benjor trouxe a banda que chegou Pra animar a festa É a Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar A festa tá correndo bem O Lobão até agora não falou mal de ninguém O Barão e o Titãs tão tocando Raulzito A Rita Lee tá vindo ali...ãh? Não acredito! Ela olhou pra mim e disse Baila comigo Eu senti aquele frio no umbigo Mas é claro que adorei o convite e fui dançar Ouvindo o som do Kid Abelha, Paralamas e a Blitz (Isso aqui tá muito bom, isso aqui tá bom demais...) Segura o tchan, amarra o tchan (Xô, Satanás!) Há há! Lulu Santos acabou de chegar com a pimenta malagueta pro planeta balançar O Chico César, Science, e o Buarque observam um pessoal dançando break no chão E no andar lá de cima um do donos da festa. Tá na boa, tá em paz, tá tocando um violão: Festa estranha com gente esquisita, eu não tô legal, não aguento mais birita É a Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na.. Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Chopp na tulipa, vinho na taça (camisinha na boquinha da garrafa)... Salve-se quem puder! Ih... o João Gordo vomitou no meu pé Fui limpar e dei de cara com os Raimundos Que me contaram que entraram pelos fundos Perguntei pelo banheiro e fiz papel de Mané Os sacanas me mandaram pro banheiro de mulher As meninas tavam lá e foi só eu entrar que a Cássia Eller, Zizi Possi e a Gal comçaram a gritar (Ahhhhh!) Quanta saúde! Fernanda Abreu, Daniela Mercury, Marisa Monte, Daúde... Calma, eu não vi nada! A Ângela Rô Rô queria me dar porrada Mas os três malandros, Moreira, Bezerra e Dicró, me ajudaram a escapar da pior Fui pro fundo de quintal, casa de bamba todo mundo bebe todo mundo samba Beth Carvalho, Alcione, Zeca Pagodinho, Neguinho da Beija-Flor...Diz aí Martinho! Com'é que é, professor? É devagar, é devagar, devagarinho Na Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Essa festa é uma loucura Olha lá o Carlinhos Brown com o pessoal do Sepultura Vieram com os índios Xavantes E a polícia veio atrás tentando dar flagrante E-e-e-ê! O índio tem apito e eu não entendi porquê Começaram a apitar quando a polícia chegou Mas a galera do Cachimbo da Paz nem escutou Porque o Olodum tava fazendo um batuque maneiro Até chegarem milhares de funkeiros Eram tantas duplas que eu até me confundi Chamei Leandro Leonardo de MC! E o Zezé de Camargo Luciano ficaram me zuando E o funk rolando! Aah... vocês tinham que ver! Chitãozinho Xororó gritando Uh! Tererê! O pessoal da Jovem Guarda agitando sem parar Estavam em outra festa mas vieram pra cá Passei ali por perto e ouvi o Roberto Carlos comentar: Ê hei! Que onda de festa de arromba! (Existem mil garotas querendo passear comigo... Bye!) Todo mundo no maior astral mas rolou um boato que preocupou o pessoal Diziam as más linguas, à boca pequena, que o Michael Jackson tava chegando pra roubar a cena E foi aí que a Marina ouviu uma buzina e todos foram pra janela na maior adrenalina Uma Brasília amarela dobrava a esquina Adivinha quem era? É a... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Na... Festa da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jobim Todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar E muita gente ainda tá pra chegar Aqui na Festa... da Música Tupiniquim Que tá rolando aqui na rua António Carlos Jo... BIM-BIM-BIm-bim Todo mundo tá presente rapá... E muita gente ainda tá pra chegar... Uh uuhh

Was it funny? Share it with friends!