Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Elis Regina lyrics

Planeta

Original and similar lyrics
Trema Terra e homens na presença do senhor E proclame a vida ao nosso criador Não há outra Terra quando vejo o que Deus fez Linda harmonia planeta meu viver. Deixe o sol entrar com vida E prá que chorar se existe um Deus BIS Filhos da Terra o sal do seu viver. Cada vez que o mar Vive um pouquinho mais e cresce a esperança O homem pensa em destruir. Não deixe de lutar faça o que Deus mandou Cuide da Terra planeta do meu viver. OH! Homens buscam aos rios Aos rios destruir, já negros como as trevas é tempo de agir Florestas destruídas extinção em marcha, por favor Pare enquanto é tempo o planeta quer viver.

La Guerra Di Piero

Deandre Fabrizio
Dormi sepolto in un campo di grano non è la rosa non è il tulipano che ti fan veglia dall'ombra dei fossi ma sono mille papaveri rossi lungo le sponde del mio torrente voglio che scendano i lucci argentati non più i cadaveri dei soldati portati in braccio dalla corrente così dicevi ed era inverno e come gli altri verso l'inferno te ne vai triste come chi deve il vento ti sputa in faccia la neve fermati Piero, fermati adesso lascia che il vento ti passi un po' addosso dei morti in battaglia ti porti la voce chi diede la vita ebbe in cambio una croce ma tu non lo udisti e il tempo passava con le stagioni a passo di giava ed arrivasti a varcar la frontiera in un bel giorno di primavera e mentre marciavi con l'anima in spalle vedesti un uomo in fondo alla valle che aveva il tuo stesso identico umore ma la divisa di un altro colore sparagli Piero, sparagli ora e dopo un colpo sparagli ancora fino a che tu non lo vedrai esangue cadere in terra a coprire il suo sangue e se gli spari in fronte o nel cuore soltanto il tempo avrà per morire ma il tempo a me resterà per vedere vedere gli occhi di un uomo che muore e mentre gli usi questa premura quello si volta, ti vede e ha paura ed imbracciata l'artiglieria non ti ricambia la cortesia cadesti in terra senza un lamento e ti accorgesti in un solo momento che il tempo non ti sarebbe bastato a chiedere perdono per ogni peccato cadesti in terra senza un lamento e ti accorgesti in un solo momento che la tua vita finiva quel giorno e non ci sarebbe stato ritorno Ninetta mia crepare di maggio ci vuole tanto troppo coraggio Ninetta bella dritto all'inferno avrei preferito andarci in inverno e mentre il grano ti stava a sentire dentro alle mani stringevi un fucile dentro alla bocca stringevi parole troppo gelate per sciogliersi al sole dormi sepolto in un campo di grano non è la rosa non è il tulipano che ti fan veglia dall'ombra dei fossi ma sono mille papaveri rossi.

Amores São Coisas Da Vida

JORGE & MATEUS
Quando você me encontrar Não tenha receio de dizer alô Não mude os seus olhos pra outro lugar Não fique com medo Se alguém te perguntar Se eu sou ainda o seu grande amor Responda apenas que não vai contar Os nossos segredos Deixe a dúvida no ar Pra ninguém saber o que aconteceu O amor de repente irá voltar Pra convencer você e eu A gente não foi feliz como podia ser Perdemos tempo no tempo Quando aprendi a te conhecer Notei que era só fingimento A gente não teve culpa se a solidão Achou para nós a saída A vida passa e nesse vai e vem Amores são coisas da vida

Jesus, Filho De Deus

ALINE BARROS "Caminho De Milagres"
Em minha vida está o Espírito de Deus Meus lábios o Senhor ungiu pra anunciar As boas novas do evangelho ao mundo inteiro Por ti eu viverei Não me envergonharei Preciso revelar ao mundo quem Tu és Falar dessa verdade eterna, Jesus Quão formosos são os pés Daqueles que falam do Teu reino E do teu poder Toma a minha vida, podes me usar Com autoridade quero declarar Ele é o autor da vida É a própria salvação Ele é a única esperança de toda nação Foi enviado ao mundo pra salvar você e eu Jesus, Jesus, o Filho de Deus É a maior riqueza que o homem pode ter Ele é a porta que se bate E se encontra a paz Uma semente foi lançada Pelo próprio Pai Jesus, Jesus, o filho de Deus

Consagração / Louvor Ao Rei

ALINE BARROS "Sem Limites"
Ao Rei dos reis consagro tudo o que sou E de gratos louvores transborda o meu coração A minha vida eu entrego nas tuas mãos, meu Senhor Pra te exaltar com todo meu amor Eu te louvarei conforme a tua justiça E cantarei louvores pois tu és altíssimo Celebrarei a ti, ó Deus, com meu viver Cantarei e contarei as tuas obras Pois por tuas mãos foram criados Terra, céu e mar e todo ser que neles há Toda a terra celebra a ti Com cânticos de júbilo Pois tu és o Deus criador Toda a terra celebra a ti Com cânticos de júbilo Pois tu és o Deus criador Celebrarei a ti ó Deus com meu viver Cantarei e contarei as tuas obras Pois por tuas mãos foram criados Terra, céu e mar e todo ser que neles há Toda a terra celebra a ti Com canticos de júbilo Pois tu és o Deus criador Toda a terra celebre a ti Com canticos de júbilo Pois tu és o Deus criador Pois tu és o Deus criador Pois tu és o Deus criador A honra, a glória, a força E o poder ao Rei Jesus E o louvor ao rei Jesus A honra, a glória, a força E o poder ao rei Jesus E o louvor ao rei Jesus A honra, a glória, a força E o poder ao rei Jesus E o louvor ao rei Jesus A honra, a glória, a força E o poder ao rei Jesus E o louvor ao rei Jesus A honra, a glória, a força E o poder ao rei Jesus E o louvor ao rei Jesus

O Homem Voltou

Afonso Zeca
O homem voltou ao solar do amigo O homem queimou um cigarro na testa O homem voltou calculando o destino Andou mais um passo e não viu Matava ele o tempo numa outra azinhaga E a voz era fraca ninguém o ouvia A larva estendia e o sol abrasava A marcha do tempo parou Havia uma vala na rua comprida E a porta travava ninguém o espera O homem cavava uma cova na vida Ali nem o céu se calou Trazia uma ruga na cara comprida Não vinha pra nada não vinha por nada? E a rua era larga e a rua era fria Andou mais um passo e tombou Havia uma hora que havia uma vida Que o homem andava que o homem corria E a porta travava e um tiro partia A marcha do tempo parou O homem voltou ao solar do amigo E a casa era escura e a porta batia O homem queimou um cigarro na testa Andou mais um passo e tombou Na volta era a noite Chupava-se a vida Que há tempo e medida Chupava-se a vida O homem precisa é dum'outra cantiga Agora que o frio voltou

Was it funny? Share it with friends!