Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Elis Regina lyrics

Como Nossos Pais

Original and similar lyrics
Não quero lhe falar meu grande amor Das coisas que aprendi nos discos Quero lhe contar como vivi e tudo Que aconteceu comigo Viver é melhor que sonhar, Eu sei que o amor é uma coisa boa Mas também sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa Por isso cuidado meu bem, há perigo na esquina Eles venceram e o sinal está fechado prá nós que somos jovens Para abraçar seu irmão e beijar sua menina na rua É que se fez o seu braço, o seu lábio e a sua voz Você me pergunta pela minha paixão Digo que estou encantada com uma nova invenção Eu vou ficar nesta cidade, não vou voltar pro sertão Pois vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação Eu sei de tudo na ferida viva do meu coração Já faz tempo que eu vi você na rua, cabelo ao vento, gente jovem reunida Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos Ainda somos os mesmos e vivemos Como nossos pais Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não enganam não Você diz que depois deles não apareceu mais ninguém Você pode até dizer que eu 'tô por fora, ou então que eu 'tô inventando Mas é você que ama o passado e que não vê É você que ama o passado e que não vê Que o novo sempre vem Hoje eu sei que quem me deu a idéia de uma nova consciência e juventude Tá em casa guardado por Deus contando vil metal Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo, tudo que fizemos Ainda somos os mesmos e vivemos Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais

O Castelo Dos Destinos Cruzados

Engenheiros Do Hawaii
Quando você me disse que não era nada Daquilo que a gente sempre imaginou Um vento frio soprou, uma janela bateu Na noite escura da alma Quando você me olhou daquele jeito Que só você olhava Um passarinho voou baixinho Deixou prá trás tudo que acreditava Quando as paredes e o teto cairam Eu pensei que era o final Mas era só o começo de um problema Só um pesadelo normal Lembra de mim, você me enlouquece A cabeça diz que é besteira Mas o coração não esquece No castelo dos destinos que se cruzam no tempo Ninguém liga se já foi ou se ainda pode ser Uma criança que nasceu em 62 Uma mulher que eu conheci em 43 Os dias passam lentamente prá quem pensa nos dias Semanas e semanas só pensando em você O tempo pinga lento, dentro do meu talismã Nas estrelas de centauro, hoje é o ontem do amanhã Lembra de mim... No castelo dos destinos cruzados O viajante que chegou pode ser você Eu fiz de tudo que eu pude para te esquecer A morte vive aqui do lado só que a gente não vê Uma pessoa que ficou perdida Uma pessoa que caiu do céu Uma pessoa que você já conhecia Muito antes de nascer e que você perdeu

Aline

Los Hermanos
Ó minha menina és de tudo o que mais belo existe Ver tua beleza é esquecer de tudo o que há de triste Tua presença, Aline É tão sublime quanto o mar e o ar Estar sempre ao teu lado é ser amado e ter pra sempre o teu olhar que faz meu bem-querer sustenta meu amor e faz com que a cada dia eu te ame mais *smack* Sei que a tua boca já beijou a outra que não a minha Sei que já amou a outros quando não me conhecia Mesmo assim, Aline, teu carinho me tomou o peito E hoje sem você não mais consigo ser o mesmo de então Dedico a ti essa canção Tentando em notas dizer que eu te amo tanto Tentando gritar ao mundo Aline Sem você confesso eu não vivo Sem você minha vida é um castigo Sem você prefiro a solidão A sete palmos do chão

Cartaz

JORGE & MATEUS "A Hora É Agora"
Eu sonhei com você Eu quero me deitar Numa tarde assim namorar Entre o azul do céu e o verde do mar Tanta coisa ainda há Amanhã tudo pode acontecer Hoje a nossa vida é pequena Amanhã tudo pode anoitecer Se você vem comigo eu não choro mais O que eu quero dizer, o teu sorriso atrai Entre as coisas mais lindas Você me dá prazer, você me dá cartaz Tudo que eu preciso Amanhã tudo pode acontecer Hoje a nossa vida é pequena Amanhã tudo pode anoitecer Se você vem comigo eu não choro mais

Leila

LEGIAO URBANA
Letra: Renato Russo Música: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá Estou pensando em vocêQuero lhe ver Mas nesse horário você deve estar Pegando os filhotes no colégio Depois chegar em casa Ver o resto de tudo E quando vem o silêncio Fumar unzinho e ouvir Coltrane Não faço mais isso mas entendo muito bem Adoro os teus cabelos Adoro a tua voz Adoro teu estilo Adoro tua paz de espírito O encanador te deixou na mão Tem reunião do condomínio O telefone não dá linha E o chuveiro tá dando choque Tem uma barata voadora no quarto das crianças E os monstrinhos estão gritando alucinados P'rá eles tudo é diversão Mas você sabe o que é ter pavor, pavor, pavor De baratas voadoras E você diz daquele seu jeito: - Ai, preciso de um homem! E eu digo: - Ah, Leila, eu também! E a gente ri Você monta suas fotos prá exposição Promete trabalhar mais com o computador E terminar seu vídeo até setembro Ter que pegar o carro no conserto Ver a conta do banco, cartão, IPTU Sábado vai ter peixada na Analú E domingo, cachorro-quente com as crianças na Fernanda Adoro teu olhar Adoro tua força E adoro dizer seu nome: Leila Ás vezes as coisas são difíceis, minha amiga Mas você sabe enfrentar a beleza dessa vida Adoro dizer seu nome Leila, Leila.

Os Barcos

LEGIAO URBANA
Você diz que tudo termimou Você não que mais o meu querer Estamos medindo forças desiguais Qualquer um pode ver Que só terminou pra você São só palavras: teço, ensaio e cena A cada ato enceno a diferença Do que é amor ficou o seu retrato A peça que interpreto Um improviso insensato Essa saudade eu sei de cor Sei o caminho dos barcos E há muito estou alheio a quem me entende Recebe o resto exato e tão pequeno E dor, se há - Tentava, já não tento E ao transformar em dor o que é vaidade E ao ter amor se este é só orgulho Eu faço da mentira, liberdade E de qualquer quintal, faço cidade Insisto que é virtude o que é entulho: Baldio é o meu terreno e meu alarde. Eu vejo você se apaixonando outra vez E fico com a saudade Você com outro alguém Você que tudo terminou Mas qualquer um pode ver: Só terminou pra você música: Dado Villa-Lobos, Renato Russo letra: Renato Russo

Was it funny? Share it with friends!