Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Engenheiros Do Hawaii lyrics

Sem Problema

Original and similar lyrics
Sem Problema chame do jeito que você quiser: medo, coragem ou amor faça disso o que quiser: é um presente que eu te dou só não tente me dizer o que é melhor pra mim ?quem pode saber? não venha me explicar o que eu sinto por você sou o primeiro a saber seja o que for, esteja onde estiver teu homem, tua mulher vício, virtude ou amor chame do jeito que quiser só não tente me dizer o que é melhor pra mim ?quem pode saber? não venha me dizer que eu te machuquei você sabe como sou, como eu era e serei só você pode saber entenda o meu corpo (batimentos por minuto) minha stória, meus kilômetros por hora entenda meu canto, meus tantos por cento meus contos de réis (tantos por mês) entenda meu corpo: sal e litros d'água em centímetros ao cubo em silêncio...por favor só não tente me dizer o que é melhor pra mim (ninguém pode saber) não venha me explicar o que eu sinto por você sou o primeiro a saber o primeiro a saber o primeiro a saber

Clichê

JORGE & MATEUS
Criei canções e melodias pra te conquistar, Em cada verso, poesia pra me declarar. Mas só palavras não vão traduzir O que é te olhar nos olhos e te ver sorrir. E se eu parecer um bobo você pode rir, É que esse seu jeito manhoso me deixou assim, Completamente louco por você, Fazendo minhas rimas só pra te dizer. Ie-eh Você é o primeiro pensamento do meu dia, Se eu não te vejo quase morro de agonia. Sou dependente desse amor, o seu beijo vicia, Eu quero todo dia! A noite cai, o meu sonho é você, Dizer te amo já tá virando clichê. Mas eu tô repetindo pra você saber, Que eu adoro amar você! E se eu parecer um bobo você pode rir, É que esse seu jeito manhoso me deixou assim, Completamente louco por você, Fazendo minhas rimas só pra te dizer. Ie-ie-eh Você é o primeiro pensamento do meu dia, Se eu não te vejo quase morro de agonia. Sou dependente desse amor, o seu beijo vicia, Eu quero todo dia! A noite cai, o meu sonho é você, Dizer te amo já tá virando clichê. Mas eu tô repetindo pra você saber, Que eu adoro amar... Você é o primeiro pensamento do meu dia, Se eu não te vejo quase morro de agonia. Sou dependente desse amor, o seu beijo vicia, Eu quero todo dia! A noite cai, o meu sonho é você, Dizer te amo já tá virando clichê. Mas eu tô repetindo pra você saber, Que eu adoro amar você! Você é o primeiro pensamento do meu dia, Sou dependente desse amor, o seu beijo vicia, Eu eu quero todo dia! A noite cai, e o meu sonho é você, Dizer te amo já tá virando clichê. Mas eu tô repetindo pra você saber, Que eu adoro amar você!

N Sei Viver Sem Ter Voc

Cpm 22
Não há mais desculpas Você vai ter que me entender Quando olhar pra trás Procurando e não me ver Chegou a hora de recomeçar Ter cada coisa em seu lugar Tentar viver sem recordar jamais E se a saudade me deixar falhar Deixar o tempo tentar te apagar Te ligar de madrugada sem saber o que dizer Esperando ouvir sua voz e você nem me atender Nem ao menos pra dizer Que não vai voltar Não vai tentar me entender Que eu não fui nada pra você Que eu deveria te deixar em paz Eu já não sei mais Não sei viver sem ter você Hoje eu queria te esquece r Mas quanto mais eu tento mais eu lembro Não sei viver sem ter você É difícil de aceitar, recomeçar do zero Levantar e caminhar Perceber que quem se ama já não se importa com você E acordar sozinho ouvindo o som da sua TV Chegou a hora de recomeçar Acreditar que pode ser melhor assim Tentar crescer, fingir feliz Te deixar para depois, a cada dia que eu morrer Espero que você morra dois Se eu ligar de madrugada sem saber o que dizer Esperando ouvir sua voz e você nem me atender Nem ao menos pra dizer Preciso reaprender a viver pra esquecer Pra te esquecer

Flores

Banda Eva
(Roberto Moura/Gutemberg/Carlinhos Maracanã/Tica Mahatma) Já me feri No espinho daquela flor Já lhe dei beijos Que marcaram nosso amor Queria ser Romeu e Julieta No passado Um sonho épico Que eleva o ser amado, meu bem Lhe dei amores Venci rumores Dessa moçada careta Que quer saber amar, porém Nunca amei ninguém Mas você é quem Eu ando procurando em meus sonhos Castelos de areia Nunca amei ninguém Mas você é quem Me afogava no mar Da ilusão Sou sua sereia Já lhe dei flores Que brotaram em meu jardim Você brincou de bem-me-quer Mal quer saber de mim

Continua

CRISTIANO ARAUJO "Continua"
Continua Vai fazendo o que deu na sua cabeça Não conto as vezes que pediu pra que eu te esqueça Pra esquecer assim das voltas, que o mundo dá Continua Vai me pisando, alimentando o teu orgulho Toma cuidado que talvez lá no futuro A mesma faca que me fere, pode te cortar Continua Tenho até medo quando for à decadência Hoje você não esta em plena consciência E amanhã quando acordar, eu não vou mais estar Aqui dando uma de super-herói, refazendo tudo o que você destroi Eu vou deixar de alimentar esse teu ego Pode continuar Bombardeando o coração que é so teu Sem perceber você vai ver que me perdeu E vai abrir esse teu olho que está cego Continua Continua Tenho até medo quando for à decadência Hoje você não esta em plena consciência E amanhã quando acordar, eu não vou mais estar Aqui dando uma de super-herói, refazendo tudo o que você destrói Eu vou deixar de alimentar esse teu ego Pode continuar Bombardeando o coração que é so teu Sem perceber você vai ver que me perdeu E vai abrir esse teu olho que está cego Continua Continua... Continua... Continua Continua

Reconvexo

Bethania Maria
(Caetano Veloso) Eu sou a chuva que lança a areia do Saara Sobre os automóveis de Roma Eu sou a sereia que dança A destemida Iara, água e folha da Amazônia Eu sou a sombra da voz da matriarca da Roma negra Você não me pega Você nem chega a me ver Meu som te cega, careta Quem é você? Que não sentiu o suíngue de Henri Salvador Que não seguiu o Olodum balançando o pelô E que não riu com a risada de Andy Warhol Que não, que não, e nem disse que não Eu sou um preto norte-americano forte Com brinco de ouro na orelha Eu sou a flor da primeira música A mais velha e a mais nova espada e seu corte Eu sou o cheiro dos livros desesperados Sou Gita Gogoya Seu olho me olha, mas não me pode alcançar Não tenho escolha, careta vou descartar Quem não rezou a novena de Dona Canô Quem não seguiu o mendigo Joãozinho Beija-Flor Quem não amou a elegância sutil de Bobô Quem não é recôncavo e nem pode ser reconvexo

Was it funny? Share it with friends!