Interested in Cryptocurrency?
Visit best CoinMarketCap alternative. Real time updates, cryptocurrency price prediction...

Buarque Chico lyrics

Tatuagem

Original and similar lyrics
(Chico Buarque - Ruy Guerra, 1973) Quero ficar no teu corpo feito tatuagem Que é pra te dar coragem Pra seguir viagem Quando a noite vem E também pra me perpetuar em tua escrava Que você pega, esfrega, nega Mas não lava Quero brincar no teu corpo feito bailarina Que logo se alucina Salta e te ilumina Quando a noite vem E nos músculos exaustos do teu braço Repousar frouxa, murcha, farta Morta de cansaço Quero pesar feito cruz nas tuas coisas Que te retalha em postas Mas no fundo gostas Quando a noite vem Quer ser a cicatriz risonha e corrosiva Marcada a frio, a ferro e fogo Em carne viva Corações de mãe Arpões, sereias e serpentes Que te rabiscam o corpo todo Mas não sentes André Velloso - Rio de Janeiro, Brazil

Uma Noite E Meia

Marina Lima
Vem chegando o verão Um calor no coração Essa magia colorida São coisas da vida Não demora muito agora Todas bundinha de fora Topless na areia Virando sereia Essa noite eu quero te ter Toda se ardendo só pra mim ( Quero sim, quero sim, quero sim ) Essa noite eu quero te ter Te envolver, te seduzir Dia inteiro de prazer Tudo que quiser eu vou lhe dar O mundo inteiro a seus pés Só pra poder te amar Roubo as estrelas lá no céu Numa noite é meia desse sabor Pego a lua, aposto no mar Como eu vou te ganhar ( Uma noite e ½ ) ( Virando sereia )

Colo De Menina

Falamansa
A lua quando brilha fala de amor No xingado desse xote sinto teu calor 'A noite acordado sonho com voce O som ligado e fico pertubado sem ter o que fazer E tento sair dessa rotina nao quero nao colo de mamae So quero colo de menina e pouco a pouco conquistar teu coracao E tento sair dessa rotina nao quero nao colo de mamae So quero colo de menina e pouco a pouco conquistar teu coracao No outro dia a gente se ver Vo pro lugar que lembre do certao e canto um xote pra te convencer Vo te ensinar como viver e bom te amar ate amar ate ate quando deus quiser amar ate amar ate ate quando deus quiser A lua quando brilha fala de amor No xingado desse xote sinto teu calor 'A noite acordado sonho com voce O som ligado e fico pertubado sem ter o que fazer E tento sair dessa rotina nao quero nao colo de mamae So quero colo de menina e pouco a pouco conquistar teu coracao E tento sair dessa rotina nao quero nao colo de mamae So quero colo de menina e pouco a pouco conquistar teu coracao No outro dia a gente se ver Vo pro lugar que lembre do certao e canto um xote pra te convencer Vo te ensinar como viver e bom te amar ate amar ate ate quando deus quiser amar ate amar ate ate quando deus quiser amar ate amar ate ate quando deus quiser

Giz

LEGIAO URBANA
E mesmo sem te ver Acho até que estou indo bem Só apareco, por assim dizer, Quando convém Aparecer ou quando quero. Desenho toda a calçada Acaba o giz, tem tijolo de construção Eu rabsico o sol que a chuva apagou Quero quye saibas que me lembro Queria até que pudesses me ver És parte ainda do que me faz forte E, pra ser honesto, Só um pouquinho infeliz Mas tudo bem Tudo bem Tudo bem Lá vem lá vem lá vem De novo: Acho que estou gostando de alguém E é de ti que não me esquecerei. música: Dado Villa-Lobos, Renato Russo, Marcelo Bonfá letra: Renato Russo

Eu Te Devoro

Djavan
Teus sinais me confundem da cabeça aos pés Mas por dentro eu te devoro Teu olhar não me diz exato quem tu és Mesmo assim eu te devoro Te devoraria a qualquer preço Porque te ignoro, te conheço Quando chove ou quando faz frio Noutro plano Te devoraria tal Caetano a Leonardo di Caprio É um milagre tudo que Deus criou pensando em você Fez a Via Láctea, fez os dinossauros Sem pensar em nada fez a minha vida e te deu Sem contar os dias que me faz morrer Sem saber de ti, jogado à solidão Mas se quer saber se eu quero outra vida, não, não Eu quero mesmo é viver Pra esperar, esperar devorar você

O Corpo Que Paga

Da Weasel
Quando a cabeça…. Quando a cabeça NÃO tem juizo Quando te esforças mais do que é preciso O corpo é que paga O corpo é que paga Deixa´ó pagar deixa´ó pagar Se tu estás a gostar Quando a cabeça NÃO se liberta Das frustaçoes inibiçoes toda essa força Que te aperta o corpo é que sofre As privaçoes mutilaçoes (lap tap tere ...) Quando a cabeça está convencida De que ela é a oitava maravilha O corpo é que sofre O corpro é que sofre Deixa´ó sofrer Deixa´ó sofre Se isso te dá prazer Quando a cabeça está nessa confusão Já Sem saber que hás-de fazer, e já és tudo o que te vem à mão o corpo é que fica fica a cair sem resistir (lap tap tere ...) quando a cabeça rola pro abismo tu NÃO controlas esse nervosismo a unha é que paga a unha é que paga NÃO paras de roer nem que esteja a doer quando a cabeça NÃO tem juizo e tu NÃO sabes mais do que é preciso o corpo é que paga o corpo é que paga Deixa´ó pagar Deixa´ó pagar Se tu estás a gostar Deixa´ó sofrer Deixa´ó sofrer Se isso te dá prazer Deixa´ó cantar Deixa´ó cantar Se tu estás a gostar Deixa´ó beijar Deixa´ó beijar Se tu estás a gostar Deixa´ó gritar Deixa´ó gritar Se tu estás a libertar

Was it funny? Share it with friends!